Terça-feira, 11 de Maio de 2010

Eyjafjallajökull

«FALADURA ISLANDESA

Gaia espirrou, levemente, através de um buraquinho na ilha branca do atlântico norte.
Os gafanhotos espalharam-se pela Europa.
Em nenhum dos noticiários (h)orais na tilfonia ou na tilvisão eu ouvi o locutor dizer o nome do vulcão do buraquinho. Ficam-se todos por "vulcão islandês". Estou desconfiado que sei porquê: Eyjafjallajökull. À primeira parece difícil, mas à quarta, a fala dura islandesa já não é tanto.

[...]»

 

Para conferir no Baságueda.

 

Já agora, amigo Karraio, não ouviste dizer que a Grécia só ficou no clube porque a cláusula de rescisão era demasiado elevada?

(o futebolês tem a ver com estes dias...)

Tags:
Publicado por Fernando Delgado às 01:41
| Comentar post
Patilhar
Fernando Delgado

Pesquisar

 

Posts recentes

Stefan Zweig

Hermann Hesse

«Mudar de Vida»

Os "interiores"

Função social da propried...

Word Press Photo

Contributos para uma inte...

A terra do Capuchinho Ver...

Contributos para uma inte...

«Quando vier a primavera»

Contributos para uma inte...

Amenidades invernais

Contributos para uma inte...

A oeste nada de novo*

Lili Artic Golden, sem li...

Valha-nos deus

Tejo nauseabundo

Lobbies

Bocejos

Contributos para uma inte...

O envelhecimento é a acum...

mapas rurais

Ajustando as velas

Contrastes

Contributos para uma inte...

Tags

aprender

canções

esboços

estórias

interiores

leituras

notícias do casino

outros olhares

peanuts

rural

todas as tags

Arquivos