Quinta-feira, 30 de Julho de 2009

Cyril Massarotto

(Quem me manda procurar livros em férias?... Normalmente sai isto – uma literatura estranha, sem qualquer grau de exigência… Amanhã, na banca dos jornais – o melhor sítio para passar os primeiros quinze minutos do dia, após o café da manhã – todas as primeiras páginas vão desmentir este livro!…)

 
«[…]
- Nunca disse que conhecia o futuro de maneira absoluta, disse que conhecia toda a vossa vida desde que nascem, uma vez que vou de um ponto ao outro do tempo de vida dos homens. O meu conhecimento do futuro é, portanto, em tempo humano, e neste preciso segundo em que te falo, de cento e trinta e quatro anos, ou seja, até ao dia da morte do homem que já nasceu e que viverá mais tempo. Não te preocupes que vais acabar por compreender. Portanto, sei o que se vai passar daqui a centro e trinta e quatro anos, mas não depois desse tempo, até que nasça uma criança que viva mais tempo que as anteriores. Olha, acaba de nascer, chama-se Shigeru. É japonês e a sua vida vai durar cento e trinta e seis anos, portanto, conheço os próximos cento e trinta e seis anos. E isto vai evoluindo a cada nascimento.
- De acordo, o livre-arbítrio significa que tu não decides no nosso lugar, mas, por outro lado, em relação à nossa vida, já sabes tudo.
- Absolutamente. Tudo salvo a resposta à Questão, que é a única coisa que eu ignoro e que não posso saber em relação a vocês. É a vossa liberdade. O vosso poder.
[…]»
 
Cyril Massarotto in deus é um tipo fixe. Contraponto.
tags:

publicado por Fernando Delgado às 23:46
link do post | comentar | favorito

Novembro 2020

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
12
13
14

15
16
18
19
20
21

22
23
24
25
26
28

29
30


pesquisar neste blog

 

arquivos

posts recentes

eucalyptus deglupta

O silêncio dos livros

Cartoons

O inútil paciente zero

A infância...

Do lagostim à merda dos c...

Luis Sepúlveda

Abril

O pandemineiro

«Éramos felizes, mas não ...

Calma, é apenas um pouco ...

Ausência

Entre dos aguas

Piazzolla

«Tanto mar»

Fertilidade transumante

...

Notre-Dame

... à mesa do café...

Floresta/paisagem...

«Não há paisagens para se...

«A natureza deixa sempre ...

Eugénio de Andrade

«Deus e o Diabo»

... biodiversidade

Txoria Txori

A diversidade do territór...

«Tempo»

«Uma narrativa para a pai...

Guião para um filme tragi...

Guião para um filme tragi...

«... para uma geografia e...

Bertolucci

«O Bode Expiatório»

«A Invenção da paisagem»

«BBB»

wildfire

granum

A. Lobo Antunes

«Cebola crua com sal e br...

«mundos mudos» no papalag...

Steinbeck

... fogos gregos

Stefan Zweig

Hermann Hesse

«Mudar de Vida»

Os "interiores"

Função social da propried...

Word Press Photo

Contributos para uma inte...

tags

aprender

canções

esboços

estórias

interiores

leituras

notícias do casino

outros olhares

peanuts

rural

todas as tags

links