Segunda-feira, 5 de Novembro de 2007

O Gene Egoísta

O Gene Egoísta, de Richard Dawkins, é um clássico da divulgação científica que me tinha passado ao lado... Não há nada de novo naquilo que diz – a teoria da evolução vai fazendo o seu caminho… -, embora os meus conhecimentos não consigam percorrer mais que alguns conceitos básicos…
O enorme gozo está na forma como está escrito: simples e claro (até onde a ciência o permite) e com exemplos divertidos…, apesar de tudo parecer restringir-se ao gene, “a unidade básica do egoísmo.”
 
(Devia ilustrar este post com uma fotografia..., um macaco, uma planta, um vírus..., mas este mesmo autor escreve que "... Um polvo não se parece nada com um rato e ambos diferem bastante de um carvalho. No entanto, na sua química fundamental são bastante semelhantes...", chamando-nos a atenção para "...repare-se que uma lagarta e a borboleta em que se transforma têm exactamente o mesmo conjunto de genes", o que me retira qualquer veleidade de colocar aqui qualquer imagem que mais não seria do que um espelho para deleite e riso de uma infinidade de genes egoístas...)
Tags:
Publicado por Fernando Delgado às 01:08
| Comentar post
Patilhar
Fernando Delgado

Pesquisar

 

Posts recentes

Stefan Zweig

Hermann Hesse

«Mudar de Vida»

Os "interiores"

Função social da propried...

Word Press Photo

Contributos para uma inte...

A terra do Capuchinho Ver...

Contributos para uma inte...

«Quando vier a primavera»

Contributos para uma inte...

Amenidades invernais

Contributos para uma inte...

A oeste nada de novo*

Lili Artic Golden, sem li...

Valha-nos deus

Tejo nauseabundo

Lobbies

Bocejos

Contributos para uma inte...

O envelhecimento é a acum...

mapas rurais

Ajustando as velas

Contrastes

Contributos para uma inte...

Tags

aprender

canções

esboços

estórias

interiores

leituras

notícias do casino

outros olhares

peanuts

rural

todas as tags

Arquivos