Quarta-feira, 12 de Janeiro de 2005

Outros Olhares

 

(Barragem de Sta. Águeda, Castelo Branco)
Estes locais são sempre um bom indicador das atitudes do nosso tempo. Os rastos são bem visíveis, sejam eles sacos plásticos de engodo deixados por alguns pescadores, embalagens multicores de batatas fritas facilmente associáveis a um passeio de qualquer família, ou indescritíveis objectos de visitantes ocasionais... Dizem que o lixo é um conjunto de objectos inúteis, descartáveis, sem rosto, nada!... Parecem-me cada vez mais o espelho da nossa inconsciência, do resto de nós mesmos, o resultado de nossa entropia, da nossa irressistível caminhada para o caos,... Quem puxa o autoclismo?
Publicado por Fernando Delgado às 01:14
| Comentar post
Patilhar
Fernando Delgado

Pesquisar

 

Posts recentes

Stefan Zweig

Hermann Hesse

«Mudar de Vida»

Os "interiores"

Função social da propried...

Word Press Photo

Contributos para uma inte...

A terra do Capuchinho Ver...

Contributos para uma inte...

«Quando vier a primavera»

Contributos para uma inte...

Amenidades invernais

Contributos para uma inte...

A oeste nada de novo*

Lili Artic Golden, sem li...

Valha-nos deus

Tejo nauseabundo

Lobbies

Bocejos

Contributos para uma inte...

O envelhecimento é a acum...

mapas rurais

Ajustando as velas

Contrastes

Contributos para uma inte...

Tags

aprender

canções

esboços

estórias

interiores

leituras

notícias do casino

outros olhares

peanuts

rural

todas as tags

Arquivos