Terça-feira, 19 de Abril de 2005

Capela Sistina

 

(tecto da Capela Sistina)
 
Fizeram fumo durante algum tempo: negro, cinzento, branco... Não sei se decidiram bem, se a decisão é importante ou sequer se se trata de uma decisão..., parece-me mais uma mera escolha! Quando se tem o privilégio de "reunir" num local destes é natural que o Espírito Santo se mantenha de vigia... Só espero que a escolha não tenha obscurecido nenhum milímetro daquele tecto... Um dia hei-de lá voltar!
Publicado por Fernando Delgado às 00:12
| Comentar post
Patilhar
Fernando Delgado

Pesquisar

 

Posts recentes

Stefan Zweig

Hermann Hesse

«Mudar de Vida»

Os "interiores"

Função social da propried...

Word Press Photo

Contributos para uma inte...

A terra do Capuchinho Ver...

Contributos para uma inte...

«Quando vier a primavera»

Contributos para uma inte...

Amenidades invernais

Contributos para uma inte...

A oeste nada de novo*

Lili Artic Golden, sem li...

Valha-nos deus

Tejo nauseabundo

Lobbies

Bocejos

Contributos para uma inte...

O envelhecimento é a acum...

mapas rurais

Ajustando as velas

Contrastes

Contributos para uma inte...

Tags

aprender

canções

esboços

estórias

interiores

leituras

notícias do casino

outros olhares

peanuts

rural

todas as tags

Arquivos