Quarta-feira, 26 de Janeiro de 2011

(in)gratidão

Não é desculpa, tive mesmo muito que fazer…, mas não quero ser ingrato: cumprimento respeitosamente os 25 % de portugueses que elegeram Cavaco Silva. A sua transbordante alegria nestes dois dias pós acto eleitoral é um claro sintoma do futuro risonho deste país. Sejam felizes!

 

"E fique sabendo o Dantas que se um dia houver justiça em Portugal todo o mundo saberá que o autor dos Lusíadas é o Dantas que num rasgo memorável de modéstia só consentiu a glória do seu pseudónimo Camões."

Almada Negreiros, Manifesto Anti-Dantas.

Tags:
Publicado por Fernando Delgado às 00:49
| Comentar post
Patilhar
Fernando Delgado

Pesquisar

 

Posts recentes

Stefan Zweig

Hermann Hesse

«Mudar de Vida»

Os "interiores"

Função social da propried...

Word Press Photo

Contributos para uma inte...

A terra do Capuchinho Ver...

Contributos para uma inte...

«Quando vier a primavera»

Contributos para uma inte...

Amenidades invernais

Contributos para uma inte...

A oeste nada de novo*

Lili Artic Golden, sem li...

Valha-nos deus

Tejo nauseabundo

Lobbies

Bocejos

Contributos para uma inte...

O envelhecimento é a acum...

mapas rurais

Ajustando as velas

Contrastes

Contributos para uma inte...

Tags

aprender

canções

esboços

estórias

interiores

leituras

notícias do casino

outros olhares

peanuts

rural

todas as tags

Arquivos