Segunda-feira, 27 de Junho de 2016

«Someday this war's gonna end»

Vi Apocalypse Now pela décima vez (se calhar foram menos...) e há sempre duas sequências de imagens que arrepiam.

Procurei e descobri (afinal parece que tudo se pode descobrir no Youtube...) essas "peças" do filme e, de facto, quer a sequência de abertura do filme - To the End, dos Doors -, quer sobretudo a sequência do bombardeamento na praia, com napalm a queimar o chão, soldados a surfar as ondas (com a Cavalgada das Valquírias,  de Wagner, em fundo) e as absurdas palavras do comandante das tropas - I love the smell of napalm in the morning, para logo de seguida setenciar: someday this war's gonna end  - traduzem bem a irracionalidade da guerra e, já agora, a genialidade de Copolla.

Este é um daqueles filmes que vemos uma vez e vamos revendo... Aquela guerra, como qualquer outra, um dia acabou! Ficou uma geração cheia de coisa nenhuma...

 

 

 

Tags:
Publicado por Fernando Delgado às 00:45
| Comentar post
Patilhar
Fernando Delgado

Pesquisar

 

Posts recentes

«Human»

Outono

MEC sobre Trump

À espera de Godot

De Niro, sem maquilhagem

Guterres

Arturo Pérez-Reverte

Achamentos na Costa Vicen...

(Gente) sinistro(a)

«Someday this war's gonna...

BREXIT (adenda)

Brexit

Carla Bley

A Seiva da Raíz

Regresso à «Tabacaria»

Abril

... às portas do casino

a força da canção ao vivo...

O casino!...

Retrospectivas

Avec les temps...

Escravatura...

Umberto Eco

As ondas do Albert

Volta-de-lua

Tags

aprender

canções

estórias

interiores

leituras

notícias do casino

outros olhares

peanuts

pintura

rural

todas as tags

Arquivos