Sábado, 6 de Junho de 2015

o papalagui

... quero fazer referência a um Blog!

 

O Blog é o papalagui e tem como subtítulo as andanças da bibliomóvel por estradas,terras e gentes de proença-a-nova.

 

É simples e claro: pequenas notas no rodapé de fotografias de lugares em que não é suposto haver gente, quanto mais leitores. Mas há, e é bom olhar aquelas ruas, aquelas terras e aquelas gentes à volta ou dentro do bibliomóvel.

 

No livro o papalagui, de Erich Scheurmann (trata-se de uma recolha dos discursos de um chefe aborígene samoano), a determinada altura, o chefe aborígene diz que uma das muitas coisas que tornam o papalagui mais pobre é o facto de ele ser capaz de ter tantos objectos embora nunca precise deles. Acrescento eu, que há objectos de que sempre se precisa, porque se partilha o que neles se diz: os livros!

Proponho-vos uma visita a este papalagui.

 

Tags:
Publicado por Fernando Delgado às 01:44
| Comentar post
Patilhar
Fernando Delgado

Pesquisar

 

Posts recentes

«Human»

Outono

MEC sobre Trump

À espera de Godot

De Niro, sem maquilhagem

Guterres

Arturo Pérez-Reverte

Achamentos na Costa Vicen...

(Gente) sinistro(a)

«Someday this war's gonna...

BREXIT (adenda)

Brexit

Carla Bley

A Seiva da Raíz

Regresso à «Tabacaria»

Abril

... às portas do casino

a força da canção ao vivo...

O casino!...

Retrospectivas

Avec les temps...

Escravatura...

Umberto Eco

As ondas do Albert

Volta-de-lua

Tags

aprender

canções

estórias

interiores

leituras

notícias do casino

outros olhares

peanuts

pintura

rural

todas as tags

Arquivos