Segunda-feira, 3 de Agosto de 2015

Cretinos

Na Caras, hoje:

«Cristiano Ronaldo já escolheu o presente de casamento ideal para Jorge Mendes. Segundo a imprensa, o craque português ofereceu ao seu agente e amigo uma ilha privada, na Grécia, cujo preço varia entre três e 50 milhões de euros.»

 

Muitas vezes (demasiadas vezes) o futebol ultrapassa os limites do desporto e transforma-se num exercício de pura vaidade pessoal e de exibicionismo de mau gosto, alimentado por uma impressa cor-de-rosa, muito interessada em vender papel... Nada que o tempo não apague porque esta realidade não passa de espuma dos dias...

Mas oferecer uma ilha, uma ilha grega? Se uma oferta é essencialmente um acto, cujo valor é para a maioria das pessoas apenas simbólico, qual o simbolismo de oferecer uma ilha grega? Razão tinha o Manuel Machado: «um vintém é um vintém; um cretino é um cretino.»

Publicado por Fernando Delgado às 00:11
| Comentar post
Patilhar
Fernando Delgado

Pesquisar

 

Posts recentes

Ajustando as velas

Contrastes

Religiões

Negro profundo

«Ninguém desce vivo de um...

Recomeços

«Custo social dos incêndi...

Sinais

Recoleção

Domesticação...

"geografia das ausências"

Galerias ripícolas

do res nulius ao black ac...

A case of you

Assimetrias

J. Fanha

Eduardo Mendoza

«o pregador de verdades d...

Belos dias

A Gente Vai Continuar

Talamou

Dylon

«A realidade é uma opiniã...

«Human»

Outono

Tags

aprender

canções

estórias

interiores

leituras

notícias do casino

outros olhares

peanuts

pintura

rural

todas as tags

Arquivos