Segunda-feira, 9 de Março de 2009

o Executado

«(...)

A fls. 189 vem o Executado apresentar um requerimento intitulado de "oposição à penhora", em que alega ter sido ordenada a penhora de 1/6 do vencimento que aufere, sendo que atentas as despesas correntes que apresenta ter, o deixa numa situação de grave carência económica.
Conclui, pedindo a isenção de penhora.
(...)
Assim determina o Tribunal proceder à redução da penhora do vencimento do executado para 1/5 do vencimento.
Notifique. 
Lisboa, 2008-12-12.»
 
(Já conhecia esta anedota? Eu também! Não sabia é que um tribunal resolveu amaldiçoar o riso, dando à matemática um novo sentido. Se tem dúvidas confira aqui, em de rerum natura...)
Tags:
Publicado por Fernando Delgado às 00:05
| Comentar post
Patilhar
Fernando Delgado

Pesquisar

 

Posts recentes

mapas rurais

Ajustando as velas

Contrastes

Religiões

Negro profundo

«Ninguém desce vivo de um...

Recomeços

«Custo social dos incêndi...

Sinais

Recoleção

Domesticação...

"geografia das ausências"

Galerias ripícolas

do res nulius ao black ac...

A case of you

Assimetrias

J. Fanha

Eduardo Mendoza

«o pregador de verdades d...

Belos dias

A Gente Vai Continuar

Talamou

Dylon

«A realidade é uma opiniã...

«Human»

Tags

aprender

canções

estórias

interiores

leituras

notícias do casino

outros olhares

peanuts

pintura

rural

todas as tags

Arquivos