Segunda-feira, 9 de Março de 2009

o Executado

«(...)

A fls. 189 vem o Executado apresentar um requerimento intitulado de "oposição à penhora", em que alega ter sido ordenada a penhora de 1/6 do vencimento que aufere, sendo que atentas as despesas correntes que apresenta ter, o deixa numa situação de grave carência económica.
Conclui, pedindo a isenção de penhora.
(...)
Assim determina o Tribunal proceder à redução da penhora do vencimento do executado para 1/5 do vencimento.
Notifique. 
Lisboa, 2008-12-12.»
 
(Já conhecia esta anedota? Eu também! Não sabia é que um tribunal resolveu amaldiçoar o riso, dando à matemática um novo sentido. Se tem dúvidas confira aqui, em de rerum natura...)
Tags:
Publicado por Fernando Delgado às 00:05
| Comentar post
Patilhar
Fernando Delgado

Pesquisar

 

Posts recentes

J. Fanha

Eduardo Mendoza

«o pregador de verdades d...

Belos dias

A Gente Vai Continuar

Talamou

Dylon

«A realidade é uma opiniã...

«Human»

Outono

MEC sobre Trump

À espera de Godot

De Niro, sem maquilhagem

Guterres

Arturo Pérez-Reverte

Achamentos na Costa Vicen...

(Gente) sinistro(a)

«Someday this war's gonna...

BREXIT (adenda)

Brexit

Carla Bley

A Seiva da Raíz

Regresso à «Tabacaria»

Abril

... às portas do casino

Tags

aprender

canções

estórias

interiores

leituras

notícias do casino

outros olhares

peanuts

pintura

rural

todas as tags

Arquivos