Domingo, 27 de Janeiro de 2008

Casinos

Um tal Jerome Kerviel, um miúdo de 31 anos que ocupava uma posição menor no Société Général, levou este banco a perder 4,9 mil milhões de euros, ao que parece devido a investimentos em fundos europeus… Enfim, o puto deve ser um génio, mas o que verdadeiramente me incomoda são as declarações de Daniel Bouton, presidente do banco. Disse ele que as perdas poderiam ter sido ganhos, se os mercados tivessem subido na segunda, terça e quarta-feira.
Não percebo nada de mercados financeiros e por isso nunca comprei uma acção! Sempre me pareceu uma coisa para entendidos, onde os pequenos accionistas não passam de pequenos actores destinados a perder, mais tarde ou mais cedo, qualquer ilusão que lhes tenha passado pela cabeça. O chamado capitalismo popular sempre me pareceu uma fraude…, mas também nunca me imaginei a acordar, olhar-me ao espelho e descobrir, de repente, que do outro lado estava um accionista de uma qualquer fábrica de papel higiénico, de computadores ou de anti-depressivos…
Mas mudei de ideias – vou comprar acções! É que isto começa a tornar-se interessante: este mundo transformou-se num imenso casino e eu gosto de casinos. É verdade que ainda é sítio sem lugar, sem banca, sem jogadores, sem croupier e, muito menos, sem cigarros mal apagados, sem murros na mesa, sem choros ou lágrimas…, mas há-de lá chegar!
(Neste mundo tudo depende de uma boa segunda ou terça-feira, não porque existe um risco nos actos praticados, mas porque é um jogo e as cartas estão viciadas. Por isso é que tudo acontece e desacontece a uma velocidade suficiente para que não se perceba que é sempre a mesma água que corre por debaixo da ponte).
Publicado por Fernando Delgado às 01:16
| Comentar post
Patilhar
Fernando Delgado

Pesquisar

 

Posts recentes

Dylon

«A realidade é uma opiniã...

«Human»

Outono

MEC sobre Trump

À espera de Godot

De Niro, sem maquilhagem

Guterres

Arturo Pérez-Reverte

Achamentos na Costa Vicen...

(Gente) sinistro(a)

«Someday this war's gonna...

BREXIT (adenda)

Brexit

Carla Bley

A Seiva da Raíz

Regresso à «Tabacaria»

Abril

... às portas do casino

a força da canção ao vivo...

O casino!...

Retrospectivas

Avec les temps...

Escravatura...

Umberto Eco

Tags

aprender

canções

estórias

interiores

leituras

notícias do casino

outros olhares

peanuts

pintura

rural

todas as tags

Arquivos