Sábado, 7 de Outubro de 2006

Ausência

¿                                          

            {                                                               ±                                                Õ

        @                              º      Ð      £

                             ð     ¶    «   •       ®    ø                  ³                                           ®
                                                 é        ý       ×                                                ö
                                           ±         ≈
 
                        ™                                                Ý
 
                                            €
 
(... estar ausente não é estar longe, nem sequer não estar aqui. É não ter nada para dizer, porque tudo se consumiu neste quotidiano que, de vez em quando, se torna predador da imaginação!...)
Publicado por Fernando Delgado às 01:11
| Comentar post
Patilhar
Fernando Delgado

Pesquisar

 

Posts recentes

A case of you

Assimetrias

J. Fanha

Eduardo Mendoza

«o pregador de verdades d...

Belos dias

A Gente Vai Continuar

Talamou

Dylon

«A realidade é uma opiniã...

«Human»

Outono

MEC sobre Trump

À espera de Godot

De Niro, sem maquilhagem

Guterres

Arturo Pérez-Reverte

Achamentos na Costa Vicen...

(Gente) sinistro(a)

«Someday this war's gonna...

BREXIT (adenda)

Brexit

Carla Bley

A Seiva da Raíz

Regresso à «Tabacaria»

Tags

aprender

canções

estórias

interiores

leituras

notícias do casino

outros olhares

peanuts

pintura

rural

todas as tags

Arquivos