Quarta-feira, 7 de Agosto de 2013

... um copo no «Peter»

... gosto de pensar que estas pinturas, nos muros da marina, ou as mensagens, penduradas nas paredes e no tecto do Peter, não revelam qualquer chegada ou partida. São apenas um sinal de passagem, o instante de uma viagem, a força de algo íntimo, o presente que sem compromisso se partilha!  Por isso gosto deste lugar... 

IMG_7146.jpg

 IMG_7336.jpg

 

 

 

IMG_7164.jpg

 Horta. (Canon EOS 400D; Sigma 18-200 mm)

 

Publicado por Fernando Delgado às 01:19
| Comentar post
Patilhar
Fernando Delgado

Pesquisar

 

Posts recentes

Ajustando as velas

Contrastes

Religiões

Negro profundo

«Ninguém desce vivo de um...

Recomeços

«Custo social dos incêndi...

Sinais

Recoleção

Domesticação...

"geografia das ausências"

Galerias ripícolas

do res nulius ao black ac...

A case of you

Assimetrias

J. Fanha

Eduardo Mendoza

«o pregador de verdades d...

Belos dias

A Gente Vai Continuar

Talamou

Dylon

«A realidade é uma opiniã...

«Human»

Outono

Tags

aprender

canções

estórias

interiores

leituras

notícias do casino

outros olhares

peanuts

pintura

rural

todas as tags

Arquivos