Quarta-feira, 31 de Agosto de 2005

Outros olhares

P1010421.jpg 

(XIII Bienal de Cerveira)
Quem foi que transformou Vila Nova de Cerveira, perdida à beira do rio Minho, num sítio que de dois em dois anos consegue alterar parte das férias de Verão de muita gente. Podia ter perguntado, mas preferi ficar com a ilusão mesmo que muito ténue, de que, apesar de tudo, ainda existe poder local que prefere a cultura (signifique isto o que quiserem) a rotundas redondas..., tão redondas e estúpidas.
Publicado por Fernando Delgado às 23:52
| Comentar post
Patilhar
Fernando Delgado

Pesquisar

 

Posts recentes

J. Fanha

Eduardo Mendoza

«o pregador de verdades d...

Belos dias

A Gente Vai Continuar

Talamou

Dylon

«A realidade é uma opiniã...

«Human»

Outono

MEC sobre Trump

À espera de Godot

De Niro, sem maquilhagem

Guterres

Arturo Pérez-Reverte

Achamentos na Costa Vicen...

(Gente) sinistro(a)

«Someday this war's gonna...

BREXIT (adenda)

Brexit

Carla Bley

A Seiva da Raíz

Regresso à «Tabacaria»

Abril

... às portas do casino

Tags

aprender

canções

estórias

interiores

leituras

notícias do casino

outros olhares

peanuts

pintura

rural

todas as tags

Arquivos