Quarta-feira, 26 de Janeiro de 2011

(in)gratidão

Não é desculpa, tive mesmo muito que fazer…, mas não quero ser ingrato: cumprimento respeitosamente os 25 % de portugueses que elegeram Cavaco Silva. A sua transbordante alegria nestes dois dias pós acto eleitoral é um claro sintoma do futuro risonho deste país. Sejam felizes!

 

"E fique sabendo o Dantas que se um dia houver justiça em Portugal todo o mundo saberá que o autor dos Lusíadas é o Dantas que num rasgo memorável de modéstia só consentiu a glória do seu pseudónimo Camões."

Almada Negreiros, Manifesto Anti-Dantas.

Tags:
Publicado por Fernando Delgado às 00:49
| Comentar post
Patilhar
Fernando Delgado

Pesquisar

 

Posts recentes

mapas rurais

Ajustando as velas

Contrastes

Religiões

Negro profundo

«Ninguém desce vivo de um...

Recomeços

«Custo social dos incêndi...

Sinais

Recoleção

Domesticação...

"geografia das ausências"

Galerias ripícolas

do res nulius ao black ac...

A case of you

Assimetrias

J. Fanha

Eduardo Mendoza

«o pregador de verdades d...

Belos dias

A Gente Vai Continuar

Talamou

Dylon

«A realidade é uma opiniã...

«Human»

Tags

aprender

canções

estórias

interiores

leituras

notícias do casino

outros olhares

peanuts

pintura

rural

todas as tags

Arquivos