Quarta-feira, 26 de Janeiro de 2011

(in)gratidão

Não é desculpa, tive mesmo muito que fazer…, mas não quero ser ingrato: cumprimento respeitosamente os 25 % de portugueses que elegeram Cavaco Silva. A sua transbordante alegria nestes dois dias pós acto eleitoral é um claro sintoma do futuro risonho deste país. Sejam felizes!

 

"E fique sabendo o Dantas que se um dia houver justiça em Portugal todo o mundo saberá que o autor dos Lusíadas é o Dantas que num rasgo memorável de modéstia só consentiu a glória do seu pseudónimo Camões."

Almada Negreiros, Manifesto Anti-Dantas.

Tags:
Publicado por Fernando Delgado às 00:49
| Comentar post
Patilhar
Fernando Delgado

Pesquisar

 

Posts recentes

«Human»

Outono

MEC sobre Trump

À espera de Godot

De Niro, sem maquilhagem

Guterres

Arturo Pérez-Reverte

Achamentos na Costa Vicen...

(Gente) sinistro(a)

«Someday this war's gonna...

BREXIT (adenda)

Brexit

Carla Bley

A Seiva da Raíz

Regresso à «Tabacaria»

Abril

... às portas do casino

a força da canção ao vivo...

O casino!...

Retrospectivas

Avec les temps...

Escravatura...

Umberto Eco

As ondas do Albert

Volta-de-lua

Tags

aprender

canções

estórias

interiores

leituras

notícias do casino

outros olhares

peanuts

pintura

rural

todas as tags

Arquivos